Pico de Antonia
Las ganancias influyen en las experiencias que se muestran en esta página, obtenga más información.

Las mejores formas de disfrutar de Pico de Antonia y atracciones cercanas


Realizamos verificaciones de todas las opiniones.
El enfoque de Tripadvisor respecto a las opiniones
Antes de publicarse, todas las opiniones de Tripadvisor pasan por un sistema automático de seguimiento, el cual recopila información que responde a las siguientes cuestiones: cómo, qué, dónde y cuándo. Si el sistema detecta que algo no cumple nuestras directrices de la comunidad, la opinión no se publicará.
Cuando el sistema detecta un problema en una opinión, esta podrá rechazarse automáticamente, enviarse a la persona que la escribió para que la valide o pasar un proceso de revisión por parte de nuestro equipo de expertos en contenido, que trabaja ininterrumpidamente para mantener la calidad de las opiniones de nuestro sitio web.
Nuestro equipo comprueba todas las opiniones denunciadas por no cumplir nuestras directrices de la comunidad que se hayan publicado en nuestro sitio web.
Obtenga más información sobre el proceso de moderación de nuestras opiniones.
5.0
5,0 de 5 burbujas9 opiniones
Excelente
7
Muy bien
2
Normal
0
Mala
0
Pésima
0

Joana Dias
Sao Joao da Madeira, Portugal1.045 contribuciones
5,0 de 5 burbujas
ago de 2023 • En solitario
Excelente hikking, muito exigente no último km, é preferível seguir com um guia. Fiz a subida em dia de nevoeiro no topo e foi a melhor condição meteorológica que poderia ter, apesar de que no topo, o raio de visão era praticamente nulo
Em Agosto após alguma chuva, o cenário é maravilhoso
Escrita el 15 de agosto de 2023
Esta es la opinión subjetiva de un miembro de Tripadvisor, no de Tripadvisor LLC. Tripadvisor realiza comprobaciones de las opiniones.

babamar
Lausana, Suiza291 contribuciones
5,0 de 5 burbujas
nov de 2019
Wonderful trek with a climbing of 900m among fields full of vegetables, small houses and nice people, then inside the pine forest before reaching the top...
Escrita el 14 de abril de 2020
Esta es la opinión subjetiva de un miembro de Tripadvisor, no de Tripadvisor LLC. Tripadvisor realiza comprobaciones de las opiniones.

Ivan Mercadante Boscardin
Sao Paulo, SP5.779 contribuciones
4,0 de 5 burbujas
ene de 2020
No dia 23 de janeiro de 2020, cheguei na Ilha de Santiago pela manhã e após me instalar no hotel na Cidade de Praia, fui caminhar pelo centro da cidade até subir na área conhecida como Plateau. Andando por suas ruas, entrei quase sem querer em uma agência de turismo chamada Barracuda e trocando ideias com o gerente, fui apresentado a uma série de passeios pela Ilha de Santiago, incluindo algumas alternativas de trekking.

O funcionário explicou que o trekking até o Pico da Antônia era a principal caminhada de toda a ilha e que haveria disponibilidade para o dia seguinte, sendo que topei sem demora.

No dia seguinte, 24 de janeiro, a van passou na frente do hotel para me apanhar. Na van estávamos eu, a guia da agência chamada Maria e um casal de irmãos canadenses que também haviam contratado o passeio.

Após rodar por pelo menos uns 45km, passando por vilarejos e bairros grandes como São Domingos e Assomada, chegamos no ponto de início da trilha, onde o motorista parou numa montanha, próximo de algumas antenas e radares.

O início da trilha é pela mata, mas é bastante tranquilo e em poucos minutos tem-se acesso a um mirante que proporciona vistas incríveis para o amplo vale e para algumas das montanhas da região central da Ilha de Santiago.
Após tirar algumas fotos desse local incrível, continuamos a caminhada morro abaixo e a partir daí percebi que o solo não era nada fácil, com muita terra e pedras soltas ao longo da descida. Considerei que se o caminho até o Pico da Antônia tinha um início de descidas, evidentemente, a volta seria bem mais forçada, já que teria que encarar muitos trechos de subida, onde o solo era um problema a ser vencido.

Descemos bastante até finalmente chegar num trecho da trilha onde era plano. Por sorte, no dia dessa trilha ventava muito e isso dava uma trégua.

Em determinado momento, chegamos em um pequeno Plateau, onde tínhamos vista para uma parte do vale. Paramos para tomar água e comer uma fruta.

Depois de alguns poucos minutos de descanso, seguimos por um trecho plano na trilha e descemos um pouco mais quando então a guia nos informou que o Pico estava à nossa direita. Ao olhar para cima quase não acreditei que teríamos que enfrentar uma subida gigantesca! A partir do ponto onde nos encontrávamos, dava a impressão de que aquela subida deveria ter pelo menos entre 800 a 1000 metros.

Continuando a caminhada, o solo fofo e pedregoso continuava um problema e isso só se intensificaria no momento em que iniciaríamos a subida. E isso se provou absolutamente verdade.

No começo da subida da enorme montanha não havia mais qualquer vegetação, de modo que a sombra feita pelas árvores que outrora nos cercava havia desaparecido por completo e o cenário passou para um árido de cor ocre e amarelo-esverdeado pela vegetação rasteira.

O sol batendo forte em nossas cabeças, o solo fofo e com muitas pedras soltas era um desafio sem fim e nos acompanharia durante toda a subida. E só de imaginar que teríamos que descer pelo mesmo caminho bateu forte um certo desanimo psicológico.

Levamos pelo menos 2,5 horas para ascender até o Pico da Antonia, não sem antes parar para descansar e recuperar o fôlego por pelo menos uma dezena de vezes.

Durante a árdua subida já se tinha uma visão completa sobre o vale e muitas montanhas que gradativamente ficavam para trás. Ao finalmente chegar no pico, por volta das 13:00hs, a visão era de 360º graus por sobre todo o vale de montanhas, sendo possível ver ao longe a Ilha de Maio e a Ilha do Fogo, com o vulcão na distância até onde a vista alcançava!

Lá, paramos para lanchar e descansar por trinta minutos, contemplando o visual que o esforço físico proporcionava. Detalhe é que ao chegar no topo da montanha, minha água já tinha praticamente acabado e haveria de encarar toda uma descida desanimadora.

Por volta das 13:30hs, iniciamos a descida da montanha. Sol batendo forte e vento também, dando um frescor durante todo o caminho. A descida em si durou pelo menos uns 40 minutos e tive dois escorregões no solo arenoso.

Ali, naquele local de trilha estreita, com milhares de pedras e um solo arenoso, todo cuidado era pouco! As pernas começavam a fraquejar e as câimbras já davam os primeiros sinais de que me massacrariam horas mais tarde.

Por sorte não sofri nenhum acidente e executei a descida sem qualquer escoriação ou lesão, mas tive a certeza de que se tivesse portando walking sticks, teria ajudado bastante.
Ao atingir a área de trecho plano, voltamos a adentrar a região de mata alta e o vento refrescando o suor e aliviando o calor do sol que então estava bem sobre nossas cabeças.

Entre a descida do pico até chegar ao carro, caminhamos por cerca de mais 2 horas.

O caminho dessa trilha é essencialmente o mesmo do início, mas ali tive absoluta certeza de que contratar um guia local foi essencial, pois há trechos da trilha onde aparecem algumas divisões, havendo risco de se perder no meio do vale, o que seria perigoso.

No fim a sensação que ficou foi de ter executado uma trilha bastante difícil, durando cerca de 4,5 horas no total, iniciando às 11:00 até às 15:30hs. Por sorte, como nessa região o vento é quase sempre presente, a sensação de frescor perdura durante boa parte do trajeto, inclusive na subida e descida da montanha, quando o esforço físico é absurdamente elevado.

O ideal para a execução dessa trilha é começa-la bem cedo, a partir das 08:30 e caminhar bem devagar, poupando esforços para a incrível subida pela área escarpada até o pico e levar pelo menos 3 litros de água e alimentos (frutas, barra de cereal, lanche).

O Pico da Antônia tem 1.394 metros de altitude e é o ponto mais elevado da Ilha de Santiago.

O local tem origem vulcânica e fica situado a 5 km a sudeste da Assomada, a 3,5 km a sul de Picos (outro bairro), a 5 km a oeste-sudoeste de João Teves e a 7 km a oeste-noroeste de São Domingos, numa das cordilheiras de montanhas que atravessam o interior da ilha.

Mais a norte do Pico da Antônia fica situada a Serra da Malagueta. A montanha serve de fronteira entre os concelhos de São Salvador do Mundo, São Lourenço dos Órgãos e Ribeira Grande de Santiago.

O pico e a área circundante formam o Parque Nacional do Pico da Antônia.

Detalhes: Distância total percorrida desde a área das antenas (ida e volta): 14 km
Tempo: aprox. 4:30 horas no total. Só a subida da montanha levou mais de 2,5 horas.
Dificuldade: difícil
Subida Total / Descida: aproximadamente 800/1000 metros
Escrita el 7 de febrero de 2020
Esta es la opinión subjetiva de un miembro de Tripadvisor, no de Tripadvisor LLC. Tripadvisor realiza comprobaciones de las opiniones.

Marc
1 contribución
5,0 de 5 burbujas
nov de 2019
Great 6 hours walk.. Nice view until the first pico. It s not an easy walk on the way back but Its not a Big deal as Its a great accumplishment at the end
Escrita el 10 de noviembre de 2019
Esta es la opinión subjetiva de un miembro de Tripadvisor, no de Tripadvisor LLC. Tripadvisor realiza comprobaciones de las opiniones.

catherossignol
Marsella, Francia36 contribuciones
5,0 de 5 burbujas
nov de 2018 • Parejas
Partis avec un jeune du village, nous avons beaucoup, beaucoup marché, surtout à la verticale. C'est magnifique, c'est grandiose et on aperçoit Fogo avec son collier de nuage. La dernière crête est plus ardue et emplie de coccinelles
Escrita el 23 de diciembre de 2018
Esta es la opinión subjetiva de un miembro de Tripadvisor, no de Tripadvisor LLC. Tripadvisor realiza comprobaciones de las opiniones.

Pierre W
Bruselas, Bélgica22.358 contribuciones
5,0 de 5 burbujas
feb de 2018 • En solitario
There is a decent trail to a secondary summit, but then the last 50 meters can be tricky, especially due to cross wind.
The 208 trail (the numbers refer to the German topographical map) from Assomada to Orgaos skirts the peak, it takes all day and may well be the best hike on Santiago island.
The 205 trail upwards is difficult to find in Longueira. The last 100 meters are very steep.
The way is easier to follow from the Quinta de Montanha, you can use the 205 on your way down,
Escrita el 16 de febrero de 2018
Esta es la opinión subjetiva de un miembro de Tripadvisor, no de Tripadvisor LLC. Tripadvisor realiza comprobaciones de las opiniones.

Guðmundur E
Región Capital, Islandia2 contribuciones
5,0 de 5 burbujas
ene de 2018 • Familia
Great place to climb and to point at trees, rocks and mountains. Also a few goats and birds to point at.
Escrita el 21 de enero de 2018
Esta es la opinión subjetiva de un miembro de Tripadvisor, no de Tripadvisor LLC. Tripadvisor realiza comprobaciones de las opiniones.

APClith
Bashall Eaves, UK105 contribuciones
5,0 de 5 burbujas
jun de 2016 • Amigos
Testing walk up from behind the military base, with narrow vertiginous ledges and loose scree paths. Definitely worth the effort. Superb views from the top across the whole island, and clear to see the differing terrain on each side.
The walk down was just as tricky and the final climb back to the main road a real lung buster! Take a guide who with you.
Escrita el 14 de agosto de 2016
Esta es la opinión subjetiva de un miembro de Tripadvisor, no de Tripadvisor LLC. Tripadvisor realiza comprobaciones de las opiniones.

Rvwr2012
Billericay, UK945 contribuciones
4,0 de 5 burbujas
ene de 2016 • Amigos
Situated astride the main road from Praia to Assomada, the scenery here is absolutely spectacular with green valleys, sharp ridges and pointed peaks. The drive is worth it if only for the views of the scenery.
Escrita el 9 de febrero de 2016
Esta es la opinión subjetiva de un miembro de Tripadvisor, no de Tripadvisor LLC. Tripadvisor realiza comprobaciones de las opiniones.
Las ganancias influyen en las experiencias que se muestran en esta página, obtenga más información.
¿Es este su perfil de Tripadvisor?
¿Es propietario o gestiona este establecimiento? Reclame su perfil de forma gratuita para responder a las opiniones, actualizar su perfil y mucho más.
Hacerse con el control de su perfil

PICO DE ANTONIA (Ponta Verde) - Qué SABER antes de ir (2024)

Preguntas frecuentes sobre Pico de Antonia